ataques de pânico

11:48

 

Hoje enquanto estava a fazer as unhas a uma cliente, o tema de conversa acabou por ir parar aos ataques de pânico e achei importante trazer esse assunto até ao blog porque, na maior parte das vezes é um tema desvalorizado por grande parte das pessoas, tanto pelos próprio como pelos que os rodeiam.
Há um ano atrás, em Abril, tive o primeiro ataque de pânico e foi aí que descobri que sofria de ataques de pânico/ansiedade. Pensava eu que esse tinha sido um caso isolado mas, durante um ano, tive mais uns quantos.
Quando tive o primeiro, estava a passar por algumas mudanças na minha vida mas andava bem na escola, a minha relação com o meu namorado andava bem e a minha relação por casa andava a melhorar, ou seja, sem motivo aparente, sem perceber o que se passava, o pânico instalou-se.

Estava eu na escola, no primeiro intervalo, assim que saímos da sala de aula, comecei a sentir enjoos e fui até à casa-de-banho. Saí, andámos mais um pouco e quando chegámos ao bar, voltei a ir à casa-de-banho, a má-disposição não passava. As minhas amigas aperceberam-se que algo não estava bem e começaram as tonturas. Mandaram-me sentar na rua e comecei a sentir calor e frio ao mesmo tempo. Comecei a tremer e a sentir o meu corpo a deixar de responder aos meus "comandos". Comecei a ficar paralisada. Primeiro a mão, depois as pernas, a boca...
Não parava de tremer e parecia que não havia ar suficiente. Ofegante, tentava desesperadamente conseguir respirar mas não resultava, não tinha ar. O inem  chegou à escola. Enquanto estava na ambulância, passou. Sim, sentia um certo cansaço mas todos aqueles sintomas tinham desaparecido do nada e, aparentemente, eu estava óptima de saúde!
Passado um dia inteiro no hospital, informaram-me que sofria de ansiedade e que, provavelmente iria ter mais daí para a frente mas que não era nada alarmante, apenas precisava de respirar fundo e acalmar-me sempre que se iniciasse um ataque de pânico para não se desenrolar mais.

Quem nunca passou por um ataque destes, não sabe o quão aterrorizador é nesse preciso momento. Uns simples segundos parecem uma eternidade.

You Might Also Like

8 comentários

  1. Eu sofro de ansiedade portanto, compreendo-te perfeitamente :/
    Tenho uns comprimidos em caso de S.O.S.

    Mas coragem, não é fácil mas conseguesse :)

    beijinhos,
    www.pirilamposemarte.com

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aos poucos a pessoa vai ficando calejada xD

      Beijinhos ;)

      Eliminar
  2. Tens toda a razão linda, eu entendo-te perfeitamente, porque também sofro de annsiedade e em Agosto de 2015 desenvolvi os ataques. Já não tenho à algum tempo, mas é horrível :(

    Um beijinho no coração, fica com Deus!

    Diamonds In The Sky, Daniela Silva

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olha ainda bem que não tens tido os ataques, porque concordo contigo, é mesmo horrível :/

      Beijinhos :)

      Eliminar
  3. Amazing post!!!

    Would you like if we were to follow each other ? I would be happy . this is my link https://bysinkj.blogspot.com/

    ResponderEliminar
  4. Ainda há dias falei sobre isto no blog, é tão assustador essa sensação de falta de controlo :\

    THE PINK ELEPHANT SHOE // INSTAGRAM //

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes crer! Eu tenho tido a "sorte" de os ter com pessoas que sabem como me acalmar :/

      Beijinhos*

      Eliminar
  5. Love this! ♥


    Saw your blog and thought if you would like to follow each other? Follow me and I'll follow back asap. Let me know what you think. I'd love to hear something from you! :)
    www.cielofernando.com
    FACEBOOK | INSTAGRAM

    ResponderEliminar